15/08/2017 - Notícias

Suspensão da Venezuela do Mercosul - Atualidades Enem e Vestibular

Entenda os motivos da suspensão da Venezuela do Mercosul



Em dezembro de 2016, a Venezuela foi suspensa do Mercosul. Primeiramente, Mercosul é um bloco econômico fundado em 1991 pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, países especificados como membros plenos do bloco. Em 2012 a Venezuela inserida no Mercosul.

No dia 02 de dezembro de 2016, Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai divulgaram a suspensão da Venezuela do Mercosul por tempo indeterminado. O motivo da suspensão se dá pelo fato do desrespeito às regras do bloco econômico, mas não foi a única razão.

1. Motivo de ordem técnica
No documento de suspensão explica que a Venezuela deixou de realizar com os compromissos assumidos na sua adesão ao Mercosul, perdendo assim, os direitos de participação no grupo.
   
A Venezuela cumpriu apenas 25% do total de acordos e 80% das mais de 1.200 norma técnicas que estão no tratado de adesão e normas do bloco econômico. Apesar de outros países, como a Argentina, descumprirem algumas normas internas, a Venezuela teve a suspensão por outros fatores graves.

2. Motivo de ordem política
A entrada da Venezuela como membro permanente em 2012 gerou discussões. A chegada do país foi ocasionada com o apoio dos governos brasileiros e argentinos. Com a saída da presidente brasileira Dilma Rousseff e a eleição de Maurício Macri na Argentina houve uma mudança na direção política do Mercosul.

O Brasil contou com o apoio da Argentina e Paraguai para a decisão de suspensão da Venezuela, que tem direção política em alguns aspectos opostas à dos membros do Mercosul. A postura do presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, por exemplo, é considerada ditatorial e antidemocrática. Esses fatores contribuíram para a retirada do país do bloco.

3. Outros motivos
A economia da Venezuela depende do petróleo. Durante um tempo o petróleo manteve um valor alto de comercialização, dando a Venezuela estabilidade econômica e chegou a ser o país mais rico da América do Sul. No entanto, em 2013 o cenário mudou e o valor do barril de petróleo caiu, provocando uma crise econômica na Venezuela.
   
A extrema dependência da economia venezuelana em relação ao petróleo sempre foi alvo de preocupação, embora não se configurasse verdadeiramente como um problema. O petróleo manteve, durante um longo período, um valor de comercialização em nível elevado. As significativas reservas de combustível fóssil proporcionaram ao país períodos de tranquilidade econômica e ele chegou a ser a nação mais rica da América do Sul. Entretanto, esses ventos de prosperidade econômica começaram a mudar de direção a partir do ano de 2013. O valor pago ao barril do petróleo despencou desde então, o que provocou uma grave crise econômica na Venezuela.

Em 2016, o país sentiu mais forte a crise e teve falta de produtos e serviços básicos, como água, alimentos e energia elétrica. O Mercosul possui principalmente interesses econômicos e a situação crítica da economia venezuelana influenciou significativamente para a suspensão por tempo indeterminado da Venezuela como membro do bloco.

Notícias relacionadas

#EstudeParaOEnem
Aula grátis
Material em PDF + Videoaulas
Sua matrícula expira em:
icone relogio 00 00 00