28/08/2017 - Notícias

Pela primeira vez o curso de Medicina da Usp irá aderir ao Enem e ofertará vagas para cotas raciais

Das 175 vagas ofertadas para 2018, 50 serão selecionadas pelo Enem por meio do Sisu




A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), pela primeira vez, destinará vagas para cotas raciais, além de aderir ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar os candidatos por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

De acordo com o diretor da FMUSP, professor José Otávio Costa Auler Júnior, o curso de medicina em 2018 oferecerá 175 vagas, sendo 50 destinadas para seleção do Sisu.  O restante, 125 oportunidades, serão oferecidas pela Fuvest. Os cursos de fonoaudiologia, fisioterapia e terapia ocupacional também terão vagas destinadas ao Sisu. A divisão terá o seguinte formato:

Fuvest: 125 vagas seguirão o vestibular normal, incluindo bônus adicional a estudantes que se autodeclarem pretos, pardos e indígenas (PPI)

Sisu: 50 vagas, sendo 10 destinadas aos candidatos de ampla concorrência, 25 para os estudantes que cursaram o ensino médio em escola pública e as outras 15 vagas serão para candidatos que cursaram o ensino médio em escola pública e que se autodeclararem pretos, pardos e indígenas.

Para o curso de fonoaudiologia das 25 vagas ofertadas, cinco serão destinadas ao Sisu, sendo três para estudantes de escola pública duas para estudantes de escola pública e que se autodeclarem pretos, pardos ou indígenas (PPI). O curso de fisioterapia abrirá 22 vagas e três serão para seleção pelo Sisu para estudantes da rede pública. Já para a graduação de terapia ocupacional serão 25 vagas e três serão selecionadas pelo Sisu, sendo duas para alunos de escola pública e uma para alunos de escola pública PPI

Saiba mais sobre a Fuvest 2018 - data de inscrições 

Notícias relacionadas

#EstudeParaOEnem
Aula grátis
Material em PDF + Videoaulas
Sua matrícula expira em:
icone relogio 00 00 00