26/10/2017 - Notícias

Tipos de discurso: Discurso direto, indireto e indireto livre



Os discursos direto, indireto e indireto livre são usados no gênero narrativo para introduzir as falas e os pensamentos dos personagens. Para compreendê-los é necessário se atentar aos detalhes gramaticais. Confira as formas mais simples em narrativas.

• Discurso direto
São quando os personagens ganham voz, possuem falas, normalmente em diálogos. Neste tipo de discurso descreve justamente o que o personagem disse. Para a introdução da fala são usados verbos como falar, dizer, perguntar etc. Já para a apresentação da fala são comuns travessões, dois pontos, aspas e exclamações.

Exemplo: "Preciso me preparar para a redação do Enem."
Maria disse: "Não quero mais namorar você!"

• Discurso indireto
Neste caso, os personagens não se expressam, mas suas falas são apresentadas pelo narrador. O narrador irá usar suas próprias palavras para descrever as falas dos personagens. Essa narração deve ser feita em 3º pessoa.

Exemplo: João perguntou se Maria almoçaria em casa.
Ele disse que estava com fome.
Meu avô disse que não gosta de chimarrão.

• Discurso indireto livre
Aqui as formas direta e indireta se unem, onde o narrador insere discretamente a fala dos personagens em sua fala. O narrador, mesmo que não participe da história, entra em seus personagens.

Exemplo: O despertador tocou mais cedo. Vou levantar, eu sei que consigo!
Amanheceu com um clima frio. Bom, vou fazer um chocolate quente!

Notícias relacionadas

#EstudeParaOEnem
Aula grátis
Material em PDF + Videoaulas
Sua matrícula expira em:
icone relogio 00 00 00