04/12/2015 - Notícias

Curso Turismo

✎ Curso Turismo


Fazer do avião uma segunda casa entre um destino e outro. Essa é a primeira frase que vem à cabeça dos estudantes que pensam em prestar vestibular para Turismo e Hotelaria. A profissão é o sonho de quem quer passar a vida conhecendo países e culturas. Mas ser um profissional da área não é só sombra e água fresca.

O bacharel atua no planejamento e organização de viagens, eventos, atrações, transporte e acomodação. Tudo isso para os clientes. Conhecer lugares e línguas é importante, assim como ter sensibilidade para perceber qual o perfil de cada um que entra em seu escritório e saber combinar com o destino ideal.

Identificar o que o cliente deseja nem sempre é fácil, mas você pode questionar o quanto ele deseja gastar, se prefere praia ou campo e dar as opções - diz a agente de viagens Simone Renner Nogueira.

Jovens aventureiros e famílias com crianças buscarão preencher seu tempo com atividades completamente diferentes, mesmo se o bilhete de embarque mostrar destinos iguais.

Além disso, o profissional deve saber os melhores lugares para investir. Por exemplo: qual região seria mais viável e rentável, de acordo com as características locais e de mercado, para a construção de um hotel-fazenda ou um parque aquático.

O mercado turístico vem se expandindo, tanto na área de turismo quanto nos meios de hospedagem, principalmente com a instalação de empreendimentos hoteleiros de rede internacional. Outras áreas como consultoria, organização de eventos e planejamento têm ampliado o mercado - diz a professora Silvia Cabral, coordenadora do curso de Turismo e Hotelaria da Univali, em Balneário Camboriú.

Um nicho que vem crescendo é o de turismo gastronômico. O professor Roberto Fonseca, coordenador do curso de Turismo Rural e Hotelaria da Facvest, em Lages, dá a dica:
- É uma área em crescimento, especialmente no Vale do Rio do Rastro até Canela, no Rio Grande do Sul. A culinária local, principalmente dos tropeiros, chama os turistas.

Turismo e Hotelaria
O curso dura quatro anos e a formação básica abrange disciplinas como sociologia, geografia, história, economia, estatística, folclore e filosofia. A parte profissionalizante dá ênfase a atividades práticas de planejamento turístico, organização de eventos, elaboração de planos de viagem e hotelaria. O currículo exige ainda um projeto experimental e uma monografia.

Mercado
A criação de produtos turísticos é a função mais valorizada da profissão. O turismólogo atua em equipes multiprofissionais e a fluência em língua estrangeira é fundamental.

Notícias relacionadas

#EstudeParaOEnem
Aula grátis
Material em PDF + Videoaulas
Sua matrícula expira em:
icone relogio 00 00 00